Preparação da Obra

  1. Dimensões (LxP) da caixa
    Devem ser seguidas as dimensões descritas nas plantas do Projeto Executivo.
  2. Paredes da caixa: acabamento e pintura
    As paredes do interior da caixa devem ter acabamento liso, sem reentrâncias e saliências, e serem prumadas.
    As paredes da caixa devem possuir acabamento de cor clara para elevadores normais (caixa fechada), ou pintadas na cor preto fosco para elevadores panorâmicos.
  3. Vigas de fixação das guias
    Devem ser livres de argamassa ou reboco, e serem facilmente localizadas na caixa.
    Devem atender os esforços e seguir as dimensões descritas nas plantas do Projeto Executivo.
  1. Abertura das portas
    Preparar as aberturas para as portas segundo orientações descritas nas plantas do Projeto Executivo.
    As golas laterais das aberturas das portas devem ser construídas de alvenaria (NUNCA CONCRETO) nas dimensões descritas nas plantas do Projeto Executivo.
    Devem ser previstas vigas de concreto na parte inferior das portas, conforme detalhado no Projeto Executivo.
    Prever fechamento provisório para as aberturas de porta, de no mínimo 1,20 m (um metro e vinte centímetros) de altura, constituído de material resistente e seguramente fixado à estrutura, até a colocação definitiva das portas do elevador (NR 18, cláusulas 18.13.2 e 18.13.3).
  2. Caixas das botoeiras de pavimento
    As caixas das botoeiras de pavimento disponibilizadas ao cliente devem ser instaladas ao lado das aberturas das portas de acordo com as plantas do Projeto Executivo.
  1. Iluminação permanente no interior da caixa
    A caixa deve ser provida com iluminação elétrica de instalação permanente, proporcionando iluminação mínima de 20 lx durante reparos e manutenção mesmo quando todas as portas estiverem fechadas.
    Esta iluminação deve compreender uma lâmpada a 0,5 m em cada um dos pontos mais alto e baixo da caixa e lâmpadas intermediárias com distância entre elas não superior a 7 m, a menos que a iluminação elétrica existente nas vizinhanças da caixa seja suficiente (Ex.: Elevador panorâmico).
    Essas lâmpadas devem ser protegidas por luminárias tipo “tartaruga”.
    Os interruptores devem ser instalados na casa de máquinas e no fundo do poço, para que a iluminação seja comandada de ambos lugares.
  2. Ventilação da caixa
    Deve ser prevista a colocação de uma janela com veneziana fixa, de 30×30 cm, na parte superior da caixa, para permitir a saída de gases e fumaça para o ar livre.

Escada para acesso ao fundo do poço
Para o acesso ao fundo do poço pela porta de pavimento deverá ser providenciado pelo cliente a instalação de uma escada fixa de material incombustível (escada marinheiro), localizada próximo à porta de pavimento conforme orientações descritas nas plantas do Projeto Executivo.
Esta escada ou seu corrimão deve estender-se até 0,80 m acima da soleira da porta de pavimento, e possuir no mínimo 10 cm de afastamento da parede.

Ganchos no teto da Caixa
Deve ser instalado no teto da caixa dois ganchos para procedimentos de montagem e um gancho para içamento das guias e equipamentos do elevador com capacidade mínima de 2000 Kg.
Devem ser pintado na cor amarelo brilhante os ganchos e uma seção retangular em torno de cada gancho, sendo que no interior desta seção deve constar, em preto, a incrição da capacidade de carga de cada gancho. (Ex.: 2T ou 2.000 Kg).
A posição dos ganchos no teto da caixa devem estar de acordo com as plantas do Projeto Executivo.
Os ganchos devem possuir dimensões conforme plantas do Projeto Executivo.

  1. Dimensões do poço
    Devem ser seguidas as dimensões descritas nas plantas do Projeto Executivo.
  2. Características, acabamento e pintura do poço
    O poço deve ser impermeabilizado em toda a sua profundidade, sendo esta impermeabilização preferencialmente externa.
    Atenção: Problemas com infiltração são frequentes em poços de elevadores e causam graves prejuízos ao equipamento. É recomendado solicitar orientação de um profissional qualificado para determinar o tipo de impermeabilização mais adequado.
    As paredes do poço devem ser pintadas da mesma cor da caixa (cor clara).
    O fundo do poço deve possuir resistência suficiente para suportar a carga descrita nas plantas do Projeto Executivo.
    O fundo do poço deve ser pintado na cor cinza claro e demarcado uma área de segurança, sob a projeção da cabina, pintada na cor amarelo brilhante, conforme plantas do Projeto Executivo.
  1. Dimensões e localização
    A localização e as dimensões da casa de máquinas devem estar de acordo com as plantas do Projeto Executivo.
  2. Iluminação
    O cliente deve prever iluminação permanente que garanta no mínimo 200 lx ao nível do piso da casa de máquinas.
    Também deve prever iluminação de emergência independente e automática na casa de máquinas, com autonomia mínima de 1 h, que garanta no mínimo 10 lx sobre o equipamento, de forma a permitir procedimentos de resgate.
  3. Ventilação
    A casa de máquinas deve possuir ventilação natural cruzada ou ventilação forçada, de forma a garantir uma temperatura no seu interior entre +5 e +40º C.
  4. Características elétricas
    Deverá ser instalado um quadro de força na casa de máquinas que forneça energia elétrica atendendo a carga instalada do elevador, descrita no Projeto Executivo.
    O quadro de força deve estar energizado com cabos elétricos definitivos e ser provido de tampa com chave ou espera para cadeado, de forma a permitir o travamento do mesmo.
    O disjuntor do quadro de força da casa de máquinas não poderá interromper os circuitos de iluminação e tomadas da casa de máquinas.
    O disjuntor tripolar (principal) deve ter o disparador magnético com curva tipo C (NBR-60898). Não utilizar disjuntores com curva B indicados para cargas resistivas, como chuveiros, lâmpadas incandescentes, entre outros.
    A rede elétrica entre a subestação e a casa de máquinas deve atender a carga do elevador, sendo dimensionados todos os disjuntores da linha bem como a sua fiação.
    A variação de tensão máxima permitida é de +/- 4%.
    Os elevadores devem estar conectados ao sistema principal de aterramento. A resistência de aterramento deve ser inferior a 10 ohms. O condutor de aterramento (PE) deve ser na cor verde ou verde-amarelo.
    A casa de máquinas deve possuir no mínimo uma tomada monofásica de 2000W, com identificação da tensão local.
  5. Acabamento, pintura e piso
    As paredes e teto da casa de máquinas devem ser rebocadas e pintadas, de forma a não soltar sujidades no interior da sala e sobre o equipamento.
    O piso da casa de máquinas deve ser plano, e ter acabamento pintado ou em cerâmica.
  6. Extintor de incêndio
    A casa de máquinas deverá possuir um extintor de incêndio de CO2 6Kg, próprio para o uso em equipamentos elétricos, instalado a no máximo 1 m da porta e 1,6 m do piso.
  7. Outras características
    Deverá existir entre a casa de máquinas e a caixa do elevador, dois tubos de PVC de 100 mm de diâmetro (conforme Projeto Executivo).
    A porta de acesso à casa de máquinas deve ser de material incombustível; estar provida com chave, com fechamento e travamento autônomo; sua folha deve abrir para fora; e deve possuir veneziana fixa para melhor circulação de ar.
    Se o acesso a casa de maquinas for por escadas ou corredores, estes deverão ter no mínimo 0,7 m de largura e com proteções laterais de no mínimo 0,9 m de altura.
  1. Guarda de materiais e vestiário
    Deverá ser providenciado um local para armazenamento de pequenos volumes, ferramentas dos montadores e vestiário do pessoal, com as seguintes características:
    – Sala fechada, coberta, com área mínima de 12 m² e piso no mínimo cimentado;
    – Porta com cadeado ou fechadura;
    – Tomada 600W e prateleiras para guarda dos componentes;
    – Sanitário.
  2. Descarga dos materiais do elevador
    Deverá ser previsto um local para descarga e armazenamento dos componentes maiores do elevador, com as seguintes características:
    – Local coberto, com área mínima de 20 m²;
    – Próximo a caixa de corrida;
    – Acesso desimpedido de descarga entre esse local e a caixa de corrida.